Gol pede recuperação judicial nos EUA. Como fica a passagem já comprada?

Como fica a passagem já comprada

Gol pede recuperação judicial nos Estados Unidos. A decisão foi comunicada pela companhia em fato relevante aos investidores nesta quinta-feira (25/01). As dívidas da companhia são estimadas em R$ 20 bilhões. O objetivo com a a decisão, segundo a GOL, é “fortalecer sua estrutura de capital para ter sustentabilidade no longo prazo”. CLIQUE AQUI E ENTRE NO NOSSO CANAL DO WHATSAPP

A empresa conseguiu compromisso de financiamento de US$ 950 milhões para a continuidade dos negócios. O pedido de recuperação judicial é voluntária e foi protocolado no Tribunal de Falências dos Estados Unidos para o Distrito Sul de Nova York.

“A Companhia buscará acesso a esse financiamento como parte da audiência do primeiro dia com o Tribunal dos EUA, prevista para os próximos dias. O financiamento está sujeito à aprovação judicial e, juntamente com o caixa gerado pelas operações em curso, fornecerá liquidez substancial para apoiar as operações, que seguem normalmente, durante o processo de reestruturação financeira”, cita a nota.

Como fica a passagem já comprada?

A Gol divulgou nota à imprensa informando que todos os voos seguem conforme programado, e as passagens aéreas e reservas estão válidas.

E o programa de fidelidade?

De acordo com a companhia, o programa Smiles também não terá alterações e continuará disponível.

Cuidados

O cliente deve tomar cuidados com promoções feitas pela companhia e avaliar os riscos. O Valor Investe diz que o risco de comprar uma passagem e não voar é relativamente baixo.

O que acontece se a companhia não realizar o voo?

Se uma companhia aérea não realiza o voo que você comprou, algumas opções geralmente estão disponíveis, dependendo das regulamentações locais e das políticas da companhia aérea:

  1. Reacomodação: A companhia aérea deve oferecer a reacomodação em outro voo para o mesmo destino, sujeita à disponibilidade. Eles devem fazer isso sem custos adicionais para você.
  2. Reembolso: Se você preferir não ser reacomodado em outro voo, pode solicitar um reembolso integral do valor do bilhete.
  3. Assistência: A companhia aérea também pode oferecer assistência, como refeições, acomodação em hotel e transporte terrestre, dependendo da duração do atraso.
  4. Compensação: Em algumas situações, você pode ter direito a compensação financeira, especialmente se o motivo do cancelamento for de responsabilidade da companhia aérea, como overbooking.

*Foto de Capa: Divulgação

SIGA NOSSO INSTAGRAM

*Não perca a oportunidade de ficar bem-informado sobre as notícias de turismo. Ganhe tempo e receba no seu Whatsapp. Aperte o botão abaixo e entre no nosso grupo. 

Advertisement